segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

DICAS ESPECIAIS

Nem todas as mulheres sabem o verdadeiro motivo da quebra das unhas, mas as unhas refletem exatamente o padrão de vida de cada mulher.
As unhas mostram como está a alimentação da pessoa, também demonstram se você utiliza produtos agressivos, corrosivos e mostram se há algum tempo houve por exemplo uma falha no metabolismo e ainda levam médicos a investigar se uma pessoa é portadora de problemas pulmonares, deficiência de vitaminas e até mesmo se é portadora de diabetes.
Unhas curtas significam que a pessoa pode estar cuidando de um bebê ou que tem uma profissão que requer o aparamento das unhas, ou ainda podem demonstrar que estas unhas estão se quebrando constantemente.
O que provoca então esta quebra?
As unhas são lâminas formadas por queratina dura que tem a finalidade de proteger as pontas dos dedos. Muitas mulheres que tem a alimentação balanceada e não utilizam produtos químicos corrosivos às unhas também podem ter as indesejáveis quebras devido ao ato de não pegar os objetos com as pontas dos dedos, mas com as unhas.
A espessura ungueal é fina demais para suportar certos atritos como por exemplo, torcer um pano com as unhas, agarrar coisas com as unhas, fazer o movimento de pinça com as unhas.
Outro fator já mencionado é a má alimentação. As unhas assim como os cabelos requerem uma alimentação balanceada, rica em vitamina A que favorece a resistência ungueal. Alimentos como cenoura e beterraba são excelentes para o crescimento de unhas saudáveis.
Também devemos levar em consideração os produtos de limpeza que entram diretamente em contato com as mãos. A maioria dos produtos de limpeza contém sódio, este componente é um poderoso inimigo das unhas. Um dos elementos químicos que compõem a formação das unhas é a cistina, ou melhor, a cadeia de cistina. Esta cadeia é formada pela sequência: carbono enxofre enxofre carbono ou CSSC, onde o enxofre é que faz a ligação entre carbono e carbono. Quando o sódio entra em contato com o enxofre, este é removido da cadeia de cistina, retirando a resistência da unha provocando o amolecimento e a queda.
Pintar as unhas é um ato que pode protegê-las das quebras pois esses produtos ao entrar em contato com o esmalte e não com a unha não conseguem produzir tal reação química, então, o melhor é manter as unhas sempre bem cuidadas e pintadas, pois além de mais bonitas terão uma inevitável proteção.

Meus Vídeos

Loading...

Mural de recados

Ocorreu um erro neste gadget

Siga-me no Twitter.