quinta-feira, 2 de junho de 2011

Manicure, marketing e polêmica.

Após ouvir um comentário entre as alunas do curso de administrãção de salões de beleza, uma situação me deixou perplexa: uma das alunas fez o seguinte comentário:

Manicure para mim tem que olhar nos meus olhos somente para me dar bom dia, boa tarde ou boa noite, e permanecer muda durante todo o procedimento, se olhar nos meus olhos para me dizer qualquer coisa, eu cutuco as mãos dela para ela andar logo, pois não tenho paciência de permanecer muito tempo na cadeira de uma manicure.

O que mais me espantou nessa atitude foi que essa moça estava fazendo um curso de administração de salões de beleza porque ela queria montar um salão (ou manicômio?).
Não sei, só sei que fiquei imaginando como eu me comportaria caso tivesse contratado uma múmia para trabalhar para mim. Tudo bem, devemos ser ágeis, mas num mundo em que as pessoas falam tanto de humanidade, parece que os robôs são mais bemvindos... (ironia)

Parece que a época do profissional da beleza que me disseram que existia na época dos cursos que eu fazia deixou de existir, pois éramos considerados como "psicólogos" (entre aspas mesmo, pois não devemos desmerecer os profissionais psicólogos e nem qualquer profissional de qualquer área). A cliente muitas vezes vai ao salão para se descontrair, para até mesmo desabafar por falta de uma amiga leal.

O outro lado do assunto é o MARKETING: como é que uma múmia poderá fazer propaganda dos serviços oferecidos no salão? Aliás, eu detesto ser atendida por múmias.

Fiquei tão perplexa que entrei num blog em que as pessoas diziam exatamente a mesma coisa que essa aluna, e pensei: bem, se a pessoa não sabe entrar e sair de um lugar, e se é tão ignorante assim, uma boa proposta para esse tipo de gente seria MORAR NO MEIO DO MATO, e não ir ao salão de beleza.

O meu salão é um local em que as pessoas se encontram, se distraem, minhas clientes gostam umas das outras, fazem amizade lá, trocam telefones, entram umas nos orkuts das outras pois encontram lá um ambiente de calor humano.

E você? Qual é a sua opinião? Você prefere as múmias, os robôs, ou uma profissional que saiba se relacionar, vender os serviços e produtos do salão?


5 comentários:

ALINE UNHAS E ARTESANATO disse...

Olá Ana, adorei a forma como você colocou esta situação, pois é as pessoas gostam de ambientes agradáveis e descontraido pois o tempo passa mais rápido e a cliente sai satisfeita não sei onde esta pessoa vive,em que mundo ela esta pois este salão que ela pretende abrir desta forma que ela pois sua opinião não ira muito longe não, tem que ser repensado. temos de se agíeis mas tratarmos bem nossos clientes pois se eles não tiverem contato com o profissional como vamos saber o que eles gostam ou que querem. Beijos Aline...

Show de Unhas disse...

OI Aline, concordo com vc, acho que todo profissional deve ser respeitado. Quando vi essa moça falando dessa forma, senti que a mesma não tem qualquer respeito pela profissional manicure, aliás, a manicure é responsável pela fidelidade da cliente no salão, pois nenhum outro profissional consegue receber semanalmente a visita de suas clientes. Um beijo, Aline.

Tati Nail Art disse...

Aaahh..li esse post e tive que comentar aqui,sou manicure e Designer em unhas e muito respeitada pelo que faço,minha clientes acabam virando minhas amigas,todas mostram grande admiração pelo trabalho que faço,eu era professora de desenhos artisticos(rostos)e larguei tudo pra fazer unhas e evito dizer isso mas nesse caso abro uma exceção...ganho muito mais dinheiro fazendo unhas do que esse tipo de cliente que chega com nariz empinado achando que é muita coisa..haha..adorei o post!

www.tatinailart.com.br

Show de Unhas disse...

Tati, obrigada por passar por aqui. Concordo em tudo com vc, aliás, seu site é uma gracinha, viu? Amei!!!

Nailsaholic disse...

Nossa realmente as pessoas não tem noção do que significa gostar de fazer algo.Infelizmente algmas pessoas não entendem que fazer algo e gostar de fazer algo tem muita diferença e com isso o precoceito segue a profississões e profissões.
Posso dizer que isso não é ignorancia e sim arrogancia, para algumas pessoas profissão está condicionada a curso superior e ou graduações o que nao percebem que fazer algo de profissão é saber realmente fazer bem ao que se compromete.Infelizmente essa aluna terá que pensar se é realmente isso que ela quer fazer o sucesso de uma boa gestão seja de salão ou não é conhecer bem e tratar bem todos aqueles envolvidos no setor.

Muito bom o blog parabens.

Meus Vídeos

Loading...

Mural de recados

Ocorreu um erro neste gadget

Siga-me no Twitter.